E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Transferência gerenciada de arquivos em 2021
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site

Por Eduardo Maurizi*

Múltiplas integrações, migração para a nuvem e prevalência de dispositivos móveis, foco na segurança e criptografia - essas são apenas algumas das prioridades no compartilhamento de arquivos para 2021.

Agora que 2020 passou, podemos olhar para frente. No início do ano passado, imaginávamos outro “ano normal” e nos deparamos com qualquer coisa menos isso. Encerrado um dos anos mais históricos das nossas vidas, ainda é interessante pensar no futuro. Então, o que 2021 nos reserva?

Migração contínua para a nuvem

De acordo com a Forbes, as PMEs estão investindo em soluções de segurança baseadas em nuvem. A expectativa é que superem as instalações locais de hardware e software: o investimento em soluções baseadas na nuvem deve crescer 10% até 2024.

Quando você ouve a palavra nuvem em tecnologia, pensa em um lugar ambíguo onde estão guardados arquivos, imagens e dados. As tecnologias atuais baseadas em nuvem são críticas: a necessidade de que estejam sempre disponíveis é mais crucial do que nunca. A pandemia de COVID-19 levou muitas organizações a adotar rapidamente tecnologias na nuvem como parte de sua modernização de TI. Os efeitos persistentes da crise sanitária podem levar a um fluxo crescente da força de trabalho para casa e, assim, forçar a substituição das soluções locais pelas da nuvem.

As soluções de transferência gerenciada de arquivos (Managed File Transfer - MFT) baseadas em nuvem combinam a flexibilidade de uma solução gratuita, como Dropbox ou Google Cloud, com a segurança de transferir e armazenar arquivos confidenciais de maneira criptografada automaticamente.

Integrações de processos de negócios usando BizOps

As organizações hoje têm centenas de aplicativos com os quais interagem diariamente. Antes das 8h, um usuário pode já ter se conectado ao MOVEit Transfer para enviar um arquivo com informações confidenciais a um parceiro comercial; OneDrive para colaborar e compartilhar um blog com colegas; Workday para solicitar reembolso de despesas; Sitefinity para editar páginas web; fazer login no Salesforce para verificar novos clientes potenciais e assim por diante. Há uma lista crescente de provedores de software como serviço (SaaS) que oferecem aplicativos semelhantes para que as pessoas possam fazer seu trabalho com mais facilidade. A adoção de uma nova ferramenta aumenta a produtividade? A resposta mais provável é: \"sim, mas...\". Esse \"mas\" geralmente acontece quando o usuário pensa: “Se esses dois sistemas conversassem, seria incrível.” O BizOps cria processos e ajuda a investir em tecnologias para trabalhar de forma mais inteligente - não com mais força - para permitir que você e sua organização sejam bem-sucedidos. O objetivo é a modernização e a produtividade em todo o negócio principal: trabalhar juntos para alcançar um objetivo comum. Investir em SaaS e aplicativos de negócios por meio do BizOps é crucial para o crescimento da organização.

Integração contínua de MFT

Com os recentes ataques cibernéticos tornando-se notícia, todos estão analisando seriamente a segurança. O incidente foi perigoso devido à sua implementação em um software de monitoramento: permitiu o acesso a todos os dispositivos da rede.

No entanto, há uma diferença entre se comunicar com um dispositivo que contém todos os seus arquivos confidenciais e ter acesso ao conteúdo desses arquivos. Esse é o principal ponto da criptografia em repouso, algo que o MOVEit Transfer faz automaticamente por padrão.

Algumas outras soluções de transferência gerenciada de arquivos também podem fazer isso, mas nem sempre elas vêm habilitadas por padrão e, às vezes, tem custo adicional. A vantagem de colocar sua empresa em uma solução segura de transferência gerenciada de arquivos é que, mesmo que haja uma invasão em sua rede, os arquivos com informações confidenciais estão criptografados e não têm valor. Sempre foi valioso integrar sistemas com uma solução MFT. Mas, agora, tornou-se uma possível segunda linha de segurança. E isso provavelmente levará à adoção e integração com MFT em 2021.

Crescimento contínuo em MFT móvel

Cada vez mais pessoas trabalham de casa, mas também usam seus dispositivos móveis com mais frequência do que nunca, apesar de não estarem em trânsito. Pesquisas mostram que os funcionários remotos raramente têm acesso às mesmas ferramentas de transferência segura de arquivos que têm quando estão no escritório. Portanto, as organizações deveriam começar a procurar maneiras de fornecer esta mesma funcionalidade de transferência segura de arquivos por meio de um aplicativo móvel.

Inicialmente, a demanda não será alta (a menos que haja uma lacuna relevante, é claro) e será muito sensível aos custos. No entanto, à medida em que mais e mais dispositivos móveis acessam fluxos de trabalho, mais organizações podem procurar uma maneira econômica de trazer esses terminais potencialmente inseguros sob a asa de sua solução MFT para monitorar e proteger a atividade.

*Eduardo Maurizi é Senior Partner Account Manager da Progress América Latina

Editorias: Ciência e Tecnologia  Internet  Negócios  Telecomunicações  
Tipo: Artigo  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Progress  
Contato: Maria Eduarda Amorim  
Telefone: --

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.