E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Conheça o método de ensino capaz de educar funcionários a prevenir riscos cibernéticos
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site

Dados apontam que a falta de preparo dos funcionários é a principal causa de invasões e ataques hackers

São Paulo, novembro de 2021 - Com a pandemia, de certa forma, todos passaram a ficar mais tempo dentro de casa. E para que isso pudesse acontecer, foi preciso reorganizar rotinas e ampliar a usabilidade de recursos que tornassem o home office mais acessível, eficiente e seguro.
O Panorama de Ameaças 2021, realizado pela Kaspersky, comparou os ciberataques de janeiro a agosto, e constatou que houve um crescimento de 23% em comparação ao mesmo período do ano passado. Na mesma pesquisa, também foi possível constatar que muitas empresas não conseguiram migrar para o trabalho remoto de forma segura, e que um dos principais responsáveis pelos ataques é o consumo da pirataria.
Além da pirataria, a prática de phishing vem aumentando cada vez mais. Diariamente, notícias são divulgadas de golpes realizados por links enviados para e-mails ou códigos enviados por SMS ou Whatsapp. O computador ou celular é invadido no momento em que o usuário clica no link enviado. Assim, os dados do usuário passam a correr riscos.
Outro tipo de ataque que vem crescendo são os de ransomware. Foi comprovado que uma a cada 61 empresas são atacadas por ransomwares semanalmente. A tendência desse tipo de extorsão tende a aumentar em alcance e em intensidade.
Essas invasões podem acarretar em perda de informações e até prejuízos financeiros. Estima-se que 80% das invasões são causadas por falta de preparo e cuidado dos funcionários, e cerca de 36% das empresas já sofreram algum tipo de violação de dados.
Para auxiliar na prevenção aos ataques, as políticas de controle de acesso precisam ser adaptadas com senhas fortes e cada funcionário deve possuir o seu login; os dados precisam ser criptografados, além disso, manter esses dados salvos na nuvem é uma boa forma de evitar perdas de documentos.
Neste mesmo sentido de prevenção a ataques, a Kaspersky lançou uma ferramenta que vem se tornando uma grande aliada das empresas no combate às ameaças de segurança, a ASAP (Kaspersky Automated Security Awareness Platform), traz uma nova abordagem para programas educacionais online, ajudando os usuários no processo de aprendizagem das regras de segurança da informação, utilizando exemplos práticos.
As campanhas de phishing são um complemento do treinamento que testa as habilidades práticas dos funcionários para evitar esses ataques. Isso ajudará o gerente de treinamento a identificar lacunas no conhecimento do usuário e incentivá-lo a estudar os tópicos com os quais está tendo problemas.
O que chama a atenção nesse método de ensino, é a simplicidade na definição de objetivos de treinamento, a gamificação e a relevância para a vida real, fatores que garantem a valorização e eficiência do programa tanto para funcionários, quanto para a empresa.
O treinamento ajuda a desenvolver detalhadamente todos os conhecimentos e habilidades necessárias. O curso de formação completo inclui a assimilação e consolidação de mais de 350 competências elementares.
A plataforma do Kaspersky Automated Security Awareness Platform, proporciona uma aprendizagem clara e objetiva sobre os principais incidentes de segurança, pois conta com toda a expertise do time de especialistas em segurança para proteger as empresas.
Através do portal, é possível definir um fluxo de aprendizagem de acordo com os setores ou dificuldade de cada colaborador, com um ritmo de treinamento confortável e evitando sobrecargas. Os usuários podem definir vetores de desenvolvimento ASAP por meio de um portal interativo, onde também podem fornecer feedback sobre novos recursos.
Outros métodos educativos são direcionados para quem tem curiosidade no assunto e não necessariamente possui conhecimento na área; ou com o objetivo de ensinar os funcionários a testar a segurança dos sistemas das empresas, desenvolvendo assim, barreiras contra ciberataques. O reforço no conhecimento se torna essencial para o desenvolvimento de uma organização.
“Encontrar uma forma para proteger tanto os dispositivos pessoais, quanto os empresariais, é essencial quando se trata de uma exposição de dados. Por isso, é fundamental que todos os funcionários, independente do seu cargo, estejam conscientes e treinados no que tange às ameaças virtuais. A criação de uma cultura de prevenção contra ameaças, pode evitar grandes transtornos”, pontua Audreyn Justus, Diretor de Marketing e Sócio Proprietário da Solo Network.

Sobre a Solo Network
Desde 2002 no mercado brasileiro e com mais de 5.000 clientes ativos, a Solo Network é uma empresa de tecnologia com grande foco em serviços e soluções de TI, reconhecida pela grande habilidade técnica e capacidade de entregar soluções multivendas de alta qualidade, integradas e aderentes às necessidades atuais e futuras dos clientes, garantindo um excelente retorno dos investimentos em tecnologia. A Solo Network dispõe dos mais altos níveis de certificações e é premiada nacional e internacionalmente pelas fabricantes que representa. Para mais informações, visite: http://www.solonetwork.com.br/home
Contatos para Imprensa:
(11) 94135-2414
Giovanna Miranda - giovannamiranda@aboutcom.com.br
Laiza Piassali – laizapiassali@aboutcom.com.br
Bárbara Nogueira – barbaranogueira@aboutcom.com.br
Manuel Quilarque – manuelquilarque@aboutc

Editorias: Ciência e Tecnologia  Educação  Internet  Industria  Telecomunicações  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: aboutCOM  
Contato: aboutCOM  
Telefone: --

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.