E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Por que temos chulé?
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site
Diogo Pazzini Bonfim, médico dermatologista do Sistema Hapvida
Diogo Pazzini Bonfim, médico dermatologista do Sistema Hapvida

Tirar o sapato em público pode ser extremamente constrangedor para algumas pessoas, especialmente se elas tiverem problemas como o odor na planta dos pés, o famoso chulé.

Esse cheiro característico pode ser causado por fungos e bactérias. Porém, nem sempre a podobromidrose (nome científico do chulé) tem relação com a falta de higiene.

Segundo Diogo Pazzini Bonfim, médico dermatologista do Sistema Hapvida, o problema pode se agravar na puberdade. “Existem glândulas na região da planta dos pés que se desenvolvem na adolescência e, por isso, a podobromidrose pode ser ainda mais acentuada nessa fase da vida”, diz.

Ele explica ainda que as causas precisam ser investigadas, pois problemas de saúde podem contribuir para o mau odor. “Algumas doenças podem estar envolvidas e podem agravar o chulé, como diabetes, alterações da tireoide e também as hormonais. Mas, o ideal é consultar um médico pois o excesso de suor e mau odor podem ser sinais de micoses e infecções bacterianas, que vão precisar de tratamento medicamentoso”, frisa Bonfim.

A alimentação e o ambiente são outros fatores que podem influenciar no chulé. “Poluição, bebidas alcoólicas e temperos como alho e cebola podem exercer influência no suor e odor, embora não haja comprovação científica desta relação”, pondera.

Já em relação a tratamentos, o médico afirma que alguns produtos podem ser indicados para atenuar o problema, desde que alguns cuidados sejam tomados. “De forma geral, oriento lavar bem os pés, secar entre os dedos e usar meias de algodão, além de não repetir meias e sapatos”, finaliza o dermatologista.

Editorias: Criança  Serviços  Saúde  Sociedade  Teen  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Phábrica de Ideias  
Contato: Gabriela Virdes  
Telefone: 16-3911-3606-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.