E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Big data, um aliado na gestão de crédito
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site
Big data, um aliado na gestão de crédito
...

Novos dados tornam a gestão de crédito mais inteligente e oferecem uma visão ampla dos riscos relacionados a cada cliente

Por Ricardo Thomaziello*

O enorme volume de dados produzidos e armazenados hoje em qualquer setor de atividade e a dificuldade de lidar com essa quantidade de informações têm colocado um imenso desafio para as empresas: como tratar e extrair dessa massa de dados insights que possam impactar positivamente os negócios — tudo isso dentro do contexto de cumprimento da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)? Indiscutivelmente, um dos grandes aliados das organizações nessa jornada é que o big data associado a uma boa exploração de dados através de analytics permite reunir em um único sistema dados estruturados e não estruturados atualizados de múltiplas fontes e fazer o cruzamento dessas informações para as tomadas de decisão.

No caso em particular da concessão de crédito, o big data e analytics possibilitam a uma empresa que atua no mercado de crédito ou decisões com risco financeiro — seja um banco, seguradora, cooperativa de crédito, varejista, operadoras de telecomunicações ou fintech — não apenas analisar os dados sobre o cliente (CPF ou CNPJ, etc.), tornando a decisão mais previsível, rápida e assertiva, como também obter insights relevantes para oferta de produtos ou serviços.

Na verdade, a gestão de crédito é uma área em que já se usa dados há bastante tempo. Um escore de crédito nada mais é do que um processo de organização de dados e uso intenso de algoritmos matemáticos e estatísticos. Entretanto, hoje, ao se fazer a análise de crédito é importante não apenas analisar o histórico do cliente, mas projetar e prever o futuro. Isso porque, quando se faz uma análise de crédito, o resultado — ou seja, saber se o cliente pagou em dia ou atrasou o empréstimo — só vai aparecer após alguns meses e até anos. E se a análise envolver uma grande escala e não for feita de maneira eficiente, há até mesmo o risco de quebrar a empresa. Quanto mais for possível explorar o uso de novas técnicas estatísticas e novos dados mais haverá melhorias e maximização dos resultados dos processos tradicionais de análise.

O big data/analytics torna o sistema de gestão de crédito mais inteligente e oferece uma visão ampla dos riscos relacionados a cada perfil de cliente, com a escala e a velocidade que as empresas precisam. Ela é capaz de analisar centenas ou milhares de dados cadastrais, transacionais e até mesmo comportamentais de cada cliente para avaliar, com alto nível de precisão, diferentes riscos de inadimplência e a mudança do perfil de risco ao longo do tempo. Em termos práticos é possível, por exemplo, saber que cliente potencialmente pode atrasar o pagamento de uma prestação ou, então, se ele está tomando empréstimo em outro lugar ou se está pagando outras dívidas no mercado.

Há uma infinidade de informações e insights que podem ser obtidos a partir dessa ferramenta. Com big data é possível ainda segmentar o público potencial da empresa e desenvolver estratégias específicas para cada perfil. Verificar se o cliente é propenso, por exemplo, a contratar crédito consignado ou se não se encaixa nesse perfil. A ferramenta também vem sendo utilizada para pré-aprovação de crédito. A partir do momento que o cliente preenche a proposta do banco, por exemplo, ele é automaticamente aprovado, pois a ferramenta já faz toda a checagem e análise, valida o escore e confirma a aprovação.

Vale destacar que, para extrair o máximo de insights, os dados precisam estar acessíveis em tempo real e atualizados. Para isso, a empresa tem que contar com pessoal capacitado, uma solução de ponta e dispor de bases de dados amplas e confiáveis para poder realizar o cruzamento rápido das informações e análises precisas para a tomada de decisão. O sucesso na gestão de crédito está apoiado no tripé precisão, agilidade e segurança, pois decisões lentas e mal tomadas podem comprometer a operação.

*Ricardo Cervellini Thomaziello é diretor executivo de dados e analytics (CDO) da Quod, empresa de inteligência de dados e avaliação de crédito.

Editorias: Ciência e Tecnologia  Informática  Internet  Negócios  
Tipo: Artigo  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Pimenta Comunicação  
Contato: Alex Nicolau  
Telefone: 011-2858-9192-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.