E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Miami atrai interesse de investidores brasileiros que buscam por imóveis de luxo nos Estados Unidos
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site

Localizada no sudeste da Flórida, a cidade de Miami é famosa por suas praias paradisíacas e temperatura quente o ano todo. Mas, além do sol e das opções imperdíveis de turismo, o local tornou-se um grande líder internacional em finanças, varejo e comércio. Os principais setores econômicos da região incluem construção, imóveis de luxo, turismo e manufatura.

Com uma economia diversificada, Miami tornou-se o destino favorito para os investidores internacionais de classe alta. Uma pesquisa realizada pela Investir USA Expo em 2017, identificou que o Brasil aparecia em sétimo lugar entre os países que mais investem no mercado imobiliário americano. O crescimento do turismo, a variedade de oportunidades de negócios, e a expansão do setor de imóveis de luxo são alguns dos motivos pelos quais a cidade está se posicionando como um Hub global e atraindo investimentos de todo o mundo.

Ana Elisa Bezerra, vice-presidente da LCR Capital Partners, empresa norte-americana que presta assessoria para famílias interessadas em imigrar para o Estados Unidos, por meio do visto EB-5, listou as principais razões pelas quais investidores com patrimônio alto estão fazendo o mercado imobiliário de luxo de Miami a sua primeira escolha para investimentos.

Liderança econômica

De acordo com a Tax Foundation, uma organização sem fins lucrativos de pesquisas científicas sobre política fiscal dos Estados Unidos, a Flórida se posiciona como o quarto melhor estado dos Estados Unidos para fazer negócios, enquanto Miami tem a maior economia do estado e o 12° maior PIB do país.

Cidade global com grande presença de estrangeiros

Pesquisas do United States Census Bureau revelaram que em 2019, 58% dos residentes em Miami nasceram no exterior, enquanto os levantamentos do Miami Association Realtors revelaram que 30% dos imóveis comprados na cidade foram obtidos por estrangeiros.

Alta valorização de preços

O mercado imobiliário em Miami continua prosperando com uma taxa anual de valorização de imóveis de 6,58%. A cidade alcançou uma taxa de valorização total de 93.9% na última década, sendo a mais alta taxa da América.

Crescimento populacional

Na última década, Miami registou um crescimento populacional de 22%, gerando alta demanda por residências, hotéis, varejos, postos de saúde, e locais de entretenimento. Considerando a expansão urbana, o crescimento da população e o desenvolvimento da economia, a cidade apresentou uma alta demanda por investimentos em imóveis, especialmente em projetos de uso misto.

Condomínios de uso misto estão crescendo em Miami

Miami está passando por um renascimento da arquitetura e do design que impulsiona o mercado de edifícios luxuosos de uso misto. Comum em muitos países, sua principal característica é a unificação de vários segmentos em um único local que reúne hotéis, residências, varejo, postos de saúde entre outras comodidades. De acordo com dados do Greater Miami Convention & Visitors Bureau, a cidade tem a melhor taxa de ocupação em hotéis do país e prevê a construção de mais de 50 hotéis nos próximos três anos.

“Indivíduos com alto patrimônio interessados em adquirir uma residência permanente nos Estados unidos contam com projetos de visto EB-5 associados a edifícios luxuosos de uso misto em Miami. Este programa de visto de investidor tem financiado inúmeras construções em diversos estados do país”, comenta Ana Elisa Bezerra.

Editorias: Economia  Imóveis  Negócios  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Mariana Giordão Rosa  
Contato: Mariana Giordão Rosa  
Telefone: 11-50312712-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.