E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Saiba a diferença entre o VGBL e PGBL
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site

Quem está pensando no futuro, tem a previdência privada como uma das alternativas de guardar um bom dinheiro. E para investir nesta área é preciso conhecer e entender as diferenças entre VGBL e PGBL, assim é possível investir e declarar a previdência privada com segurança, se preparando para o futuro.
Se você já pesquisou sobre previdência privada, com certeza, você já se deparou com estas duas siglas e ficou pensando: o que elas significam? Tanto o VGBL como o PGBL são dois produtos de previdência privada, aqui neste artigo vamos lhe mostrar como eles funcionam e quais são as suas diferenças.
Dessa maneira, você pode fazer a melhor escolha e começar a guardar dinheiro para o futuro. Com o sistema de previdência pública indo a falência no Brasil, conhecer mais sobre os ativos de previdência privada é necessário para se resguardar no futuro.
O que é VGBL?
A sigla VGBL significa Vida Gerador de Benefício Livre. O VGBL é um produto de previdência privada bastante indicado para quem declaração imposto de renda pelo modelo simplificado ou é isento.
Nesse investimento, o cliente não perde 12% do valor total acumulado pelo abatimento da declaração anual de imposto de renda. Em contrapartida, ao fazer o resgate do valor no futuro, o consumidor terá de pagar um imposto sobre os rendimentos do produto. O que ainda é vantagem, já que o valor investido não entra nessa conta.
O que é PGBL?
A sigla PGBL significa Plano Gerador de Benefício Livre. O PGBL também é um produto de previdência privada, ele é mais indicado para as pessoas que fazem a declaração de imposto de renda pelo modelo completo. Estas pessoas possuem mais despesas para deduzir e por isso precisam realizar a declaração neste formato.
Nesse modelo, há um abatimento de 12% da renda bruta anual de todas as contribuições feitas no período de um ano. O valor é abatido anualmente na declaração de imposto de renda. O sistema da Receita Federal já calcula o valor da sua renda tributável com o desconto desta taxa.
Como a previdência privada funciona?
Antes de falarmos sobre as diferenças entre PGBL e VGBL, é preciso lhe explicar como funciona a previdência privada. Esse sistema é dividido em duas etapas: a acumulação e o benefício. A primeira etapa é a fase de acumulação.
A acumulação acontece enquanto você ainda está na ativa. Digamos que você trabalhe por 30 anos e tenha aplicado 10% das suas rendas mensais num produto de previdência privada. Os valores aplicados não são sacados para o uso, a sua finalidade é que eles rendam o máximo possível para serem usados na fase de benefício, quando você deixa de trabalhar.
Como já dissemos, a fase de benefício começa quando você se aposenta. Ao parar de trabalhar, você para de contribuir e passa a usufruir das contribuições feitas ao longo dos anos de trabalho.
Para começar a usufruir do dinheiro, você deve escolher entre algumas formas de receber os benefícios. Você pode receber um valor mensal como uma espécie de renda vitalícia para se garantir com um valor fixo pelo resto da sua vida.
Outra opção é resgatar o total investido e reaplicar esse dinheiro em fundos com boa rentabilidade e resgate rápido. Assim, você pode realizar saques mensais para se manter e o dinheiro continuará a render, mesmo que você já tenha parado de trabalhar.
Como deu para perceber, basicamente a previdência privada é um fundo de investimentos, geralmente feito em bancos ou em corretoras de valores. Nestes fundos, você aplica seu dinheiro em contribuições mensais e ao parar de trabalhar, você escolher como deseja resgatar o seu benefício.
Diferenças entre VGBL e PGBL
A principal diferença entre esses dois produtos está no formato de tributação. No PGBL, o cliente pode deduzir suas contribuições mensais de sua renda até 12% ao ano. No caso do VGBL, o imposto de renda só é cobrado sobre a rentabilidade, deixando os aportes mensais intactos. Um desconta do que você aporta, outro desconto dos rendimentos.
Quem é o optante pela declaração de imposto de renda no modelo completo, tem vantagens em escolher o PGBL. Isso porque esse produto faz a dedução de sua contribuição do Imposto de Renda anual.
O VGBL é indicado para optantes do modelo simplificado da declaração de imposto de renda. O recolhimento de imposto afeta apenas a rentabilidade do investimento do produto, e isso só acontece quando você resgata o seu investimento. Nesse modelo, também não há limites de contribuição mensal, você pode contribuir bem mais do que 12% da sua renda.
Em ambos os casos, você não deve confiar apenas na previdência privada. Por isso, não deixe de contribuir como CLT, MEI ou autônomo para o INSS. O intuito deste investimento é que ele seja complementar, servindo para aumentar o valor mensal da sua aposentadoria.

Fonte: https://blog.onze.com.br/artigos/como-declarar-previdencia-privada/





Editorias: Economia  Governo  
Tipo: Artigo  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Lucas de Almeida  
Contato: Lucas Alsil  
Telefone: 11-988685472-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.