E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   
Painel de notícias



Pesquisa




Samsung revela dicas de como escolher o melhor ar-condicionado para a sua casa
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site

Com a previsão de que o calor amenize com a chegada do outono, é crescente a busca dos consumidores por modelos de ar-condicionado, seja para resfriar o local ou para manter uma temperatura ambiente agradável. Para quem está em dúvida de qual modelo adquirir, a Samsung revela quais são aspectos fundamentais a serem levados em consideração antes de realizar a compra.

1 – Potência do modelo

A medida do ar-condicionado que determina a potência do modelo é a BTU ou Unidade Térmica Britânica (do inglês British Thermal Unit). É preciso ficar atento a algumas dicas, para escolher o modelo com a capacidade ideal. Isto definirá se o ambiente será refrigerado de forma uniforme e eficiente.

Se a sua intenção é refrigerar um cômodo pequeno, como um quarto por exemplo, um ar-condicionado com capacidade mais baixa (9.000 a 12.000 BTUs) já será suficiente para alcançar o objetivo. Este raciocínio também vale para o contrário, pois não adianta adquirir um modelo de pouca potência, se o ambiente em que o produto será instalado for muito grande e tiver uma geração de calor muito grande, por exemplo, incidência solar por um longo período.

A Samsung conta com modelos residenciais que vão de 9.000 a 24.000 BTUs, capaz de atender aos diferentes perfis de consumidores e necessidades na hora da instalação.

2 – Rede elétrica

Caso o usuário não possua conhecimentos da rede elétrica, é de suma importância chamar um técnico para verificar as ligações de força e confirmar se o local está apto para a instalação de um ar-condicionado. É preciso, antes de tudo, checar a tensão do modelo a ser instalado, que pode ser 110V ou 220V, dependendo da rede elétrica.

Alguns cuidados devem ser observados como, por exemplo, usar uma fiação com diâmetro (bitola) adequado, instalar um disjuntor para evitar prejuízos à rede elétrica em uma eventual sobrecarga de energia, e reservar uma tomada exclusiva para instalação do aparelho. São pequenos cuidados que se tornam fundamentais para o melhor funcionamento do produto, além de garantir mais segurança mesmo com uso intenso do equipamento – evitando, até mesmo, que ele se danifique com o passar do tempo.

3 – Avalie o cômodo

Para instalações em escritórios, é necessário observar o número de janelas e se há períodos constantes de incidência solar no cômodo. Isso ajudará o consumidor a definir pela escolha de um modelo mais potente, por exemplo, capaz de refrigerar o ambiente mesmo em dias de altas temperaturas. Se o local escolhido for a sala de estar, considere os demais eletrônicos instalados no ambiente, o que inclui lâmpadas – lembrando que os modelos incandescentes geram mais calor que as lâmpadas fluorescentes.

Agora, se o objetivo for instalar o equipamento no quarto, outros fatores são importantes. Lembre-se que este é o cômodo em que você passará a maior parte da noite e, por esta razão, é preciso optar por um modelo que garanta conforto para não atrapalhar o sono com fortes correntes de ar frio. A Samsung já disponibiliza no mercado brasileiro o modelo Wind-FreeTM, primeiro ar-condicionado sem vento do mundo¹, que refrigera o ambiente de modo uniforme graças aos seus 21.000 micro orifícios e ainda evita a sensação desagradável de vento frio.

4 – Diferentes modelos e recursos

Existem diferentes tipos de ar-condicionado, que vão de modelos Split – compostos por duas unidades, uma chamada de evaporadora e a outra conhecida por condensadora –, modelos Inverter – indicados para quem busca um ar-condicionado com melhor eficiência energética –, até as opções comerciais. Todos possuem características únicas e que os diferenciam uns dos outros. Por isso, é fundamental eleger o que melhor atenda as suas necessidades já na hora da compra.

“A Samsung conta com um portfólio bem estruturado de modelos de ar-condicionado, que inclui aparelhos altamente tecnológicos e que trazem eficiência e redução de consumo de energia em residências e escritórios. Isso facilita a vida do consumidor na hora de escolher um modelo que atenda as suas necessidades”, comenta Jefferson Porto, Diretor Associado de Produtos da Divisão de Digital Appliance da Samsung Brasil.

¹ A Sociedade de Engenheiros de Refrigeração, Aquecimento e Ar Condicionado Americana (ASHRAE) define o efeito sem vento devido às correntes de ar insufladas com velocidade inferior a 15m/s.

Editorias: Ciência e Tecnologia  Serviços  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Aline Ramos do Nascimento  
Contato: Aline Ramos do Nascimento  
Telefone: --

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Tags
•  EDUCAÇÃO  •  CULTURA  •  SAÚDE  •  TECNOLOGIA  •  INTERNET  •  TI  

Mais tags
O que são tags ?

Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.