E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




DIA NACIONAL DA HABITAÇÃO | Artemisia promove debate online para discutir habitação de interesse social e empreendedorismo de impacto
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site

✓ Alusivo ao Dia Nacional da Habitação, o evento online e gratuito
Habitação de Interesse Social e Empreendedorismo de Impacto contará
com painéis nos quais serão debatidos os principais problemas de moradia do país enfrentados, sobretudo, pela população em situação de vulnerabilidade social e
como a readequação de uma casa insalubre pode ser uma faísca para a transformação social da vida de milhões de brasileiros. O evento acontece na sexta-feira, 21 de agosto, das 9 horas às 12 horas; e das 14 horas às 17 horas. Mais informações e inscrições: https://impactosocial.artemisia.org.br/eventohabitacao

✓ Habitação de Interesse Social e Empreendedorismo de Impacto é correalizado
pela Artemisia, Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU-BR), Vivenda, Gerdau, Tigre, Instituto Vedacit, Votorantim Cimentos, CAIXA e Habitat para a Humanidade Brasil.


São Paulo, 18 de agosto de 2020 – A urgência em olhar para a habitação como um elemento que impacta na saúde do cidadão e na possibilidade de acesso equânime a serviços e a políticas públicas foi confrontada pela pandemia. O aumento do risco de contrair a covid-19 se tornou realidade na vida de brasileiros que vivem em habitações inadequadas. Muitos não têm acesso à água encanada; outros, precisam dividir poucos metros quadrados com toda a família. No cotidiano dessas pessoas, as recomendações para conter a disseminação do vírus como manter os ambientes arejados ou adotar o afastamento de um membro da família com sintomas não é exequível pela alta densidade domiciliar. Em outras palavras, a qualidade das moradias e a concentração de muitos habitantes dentro e fora das casas se tornaram fatores de risco. Para debater a temática que envolve a moradia, seus impactos na preservação dos direitos humanos, o papel das grandes empresas e dos novos empreendedores no setor, a Artemisia correalizará o evento online Habitação de Interesse Social e Empreendedorismo de Impacto em 21 de agosto, das 9 horas às 17 horas. Informações e inscrições:
https://impactosocial.artemisia.org.br/eventohabitacao

Na programação, o evento – alusivo ao Dia Nacional da Habitação – opta por um viés propositivo para falar da moradia e suas dimensões. Direito humano fundamental, o morar vai além do simples acesso a uma casa. Nessa ótica, a residência tem uma abrangência maior do que um teto e quatro paredes; interfere no acesso a serviços básicos e na relação com a cidade. As dimensões que envolvem a residência estão relacionadas tanto aos aspectos estruturais, jurídicos e financeiros, quanto aos emocionais e mais subjetivos, que abarcam valores afetivos e culturais. Ao transformar positivamente o morar em um espaço dotado de segurança, dignidade e conforto, vemos um impacto transversal e positivo na vida das famílias e da sociedade. Readequar uma casa insalubre pode ser uma faísca para a transformação social.

Segundo Maure Pessanha, diretora-executiva da Artemisia e uma das coordenadoras do evento – promovido por uma coalizão formada pela Gerdau, Instituto Vedacit, Tigre e Votorantim Cimentos; e apoio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU-BR), da instituição financeira CAIXA, da Habitat para a Humanidade Brasil e do negócio de impacto social Vivenda –, a proposta é debater os reais desafios da habitação no país e avaliar os possíveis caminhos para endereçá-los, envolvendo especialistas de diferentes frentes do setor. “É urgente lançarmos um olhar sistêmico para esse contingente de seres humanos vivendo em condições inadequadas; situação que atinge milhares de famílias brasileiras em questões não apenas de saúde, mas em outras como autoestima, segurança, qualidade de vida, educação e empregabilidade”. A executiva salienta que os desafios que tangem as habitações de pessoas em situação de vulnerabilidade social e econômica no Brasil foram evidenciados pela pandemia, mas que estes são problemas complexos e históricos, que demandam ações conjuntas. “Para enfrentar problemas dessa magnitude, é preciso agir em colaboração, unir expertises de diferentes organizações e empresas que olham para os temas habitacionais. Apenas dessa forma é possível avançarmos na transformação necessária dentro desse setor”.

O evento Habitação de Interesse Social e Empreendedorismo de Impacto é correalizado pela Artemisia, Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU-BR), Vivenda, Gerdau, Tigre, Instituto Vedacit, Votorantim Cimentos, CAIXA e Habitat para a Humanidade Brasil.


AGENDA | DIA NACIONAL DA HABITAÇÃO

9 HORAS | Inovação e Moradia: a visão da coalizão para o impacto social do setor
Painelistas: Paulo Boneff, head de Responsabilidade Social Corporativa da Gerdau, e Priscila Martins, diretora de Projetos e Programas da Artemisia.

10 HORAS | Empreendedorismo e pesquisa para impacto social em habitação
Mediador: Orlando Nastri Neto, consultor de Sustentabilidade do Instituto Votorantim.
Painelistas: Thomas Frischkenecht, manager da Kearney, Maurício de Almeida Prado
Diretor Executivo da Plano CDE e Edgard Barki, Coordenador do FGVcenn (Centro de Empreendedorismo e Novos Negócios).

11 HORAS | Arquitetura, engenharia e empreendedorismo de impacto social
Mediadora: Patricia Luz, conselheira Federal (pelo Estado do Rio Grande do Norte) do CAU-BR.
Painelistas: Guivaldo Baptista, conselheiro Federal do CAU-BR e professor do curso de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Mariana Estêvão, presidente da ONG Soluções Urbanas, Luciana Oliveira, engenhara civil e pesquisadora no Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT).

14 HORAS | A indústria da construção e os desafios da habitação
Mediadora: Maure Pessanha, diretora-executiva da Artemisia
Painelistas: Marcos Campos Bicudo, presidente da Vedacit; Álvaro Lorenz, diretor-global de Sustentabilidade, Relações Institucionais, Desenvolvimento de Produto e Engenharia da Votorantim Cimentos; Marcos Faraco, vice-presidente da Gerdau Aços Brasil, Argentina e Uruguai; e Otto von Sothen, CEO da Tigre.

15 HORAS | Colaboração e tecnologia para escalar o impacto em habitação
Mediador: Marcelo Coelho, empreendedor e CEO da Vivenda
Painelistas: Bruno Baldinot, fundador da Ambar; Mário Vieira, diretor-executivo da Habitat para a Humanidade Brasil; Samile Germana, empreendedora e diretora-geral da Abra Arquitetura; e Eline Letícia, empreendedora e diretora de operações da Abra Arquitetura.

16 HORAS | Alternativas de crédito para a moradia e fechamento
Mediador: Luis Fernando Guggenberger, executivo de Inovação e Sustentabilidade da Vedacit.
Painelistas: Morenno de Macedo, gerente executivo de Sustentabilidade e RSA da CAIXA, Marco Gorini, cofundador e CEO da Din4mo, Fernando Assad, empreendedor e cofundador da Vivenda e Rafael Salomão, gerente de Inovação e Relacionamento Corporativo do Grupo Tigre.

Mais informações e inscrições pelo site:
https://impactosocial.artemisia.org.br/eventohabitacao



ARTEMISIA. Organização sem fins lucrativos, pioneira na disseminação e no fomento de negócios de impacto social no Brasil. A Artemisia apoia negócios voltados à população de baixa renda, que criam soluções para problemas socioambientais e provocam impacto social positivo por meio de sua atividade principal. Sua missão é identificar e potencializar empreendedores, empreendedoras e negócios de impacto social que sejam referência na construção de um Brasil mais ético e justo. A organização já apoiou mais de 500 iniciativas em todo o Brasil em seus diferentes programas, tendo acelerado intensamente mais de 180 negócios de impacto social. Fundada em 2005 pela Potencia Ventures, possui atuação nacional. http://www.artemisia.org.br

GERDAU. Com 119 anos de história, a Gerdau é a maior empresa brasileira produtora de aço e uma das principais fornecedoras de aços longos nas Américas e de aços especiais no mundo. No Brasil, também produz aços planos, além de minério de ferro para consumo próprio. Com o propósito de empoderar pessoas que constroem o futuro, a companhia está presente em 10 países e conta com mais de 30 mil colaboradores diretos e indiretos em todas as suas operações. Maior recicladora da América Latina, a Gerdau tem na sucata uma importante matéria-prima: 73% do aço que produz é feito a partir desse material. Todo ano, são 11 milhões de toneladas de sucata que são transformadas em diversos produtos de aço. As ações da Gerdau estão listadas nas bolsas de valores de São Paulo (B3), Nova Iorque (NYSE) e Madrid (Latibex).

INSTITUTO VEDACIT faz a conexão entre os negócios da Vedacit e os investimentos sociais. O intuito é contribuir para a construção de Cidades do Futuro, incentivando o empoderamento da sociedade, a melhoria na qualidade de vida da população e a integração entre pessoas, moradias e espaços urbanos. Suas linhas de atuação estão divididas em: Cidades Criativas - com projetos culturais que proporcionem maior ocupação e interação com os espaços públicos, estimulando a reflexão e o protagonismo da população na solução dos problemas locais; Cidades Inteligentes – contribuindo na formação de jovens com alternativas de trabalho e empreendedorismo; e Cidades Sustentáveis – com investimentos em negócios sociais e projetos esportivos que promovam a melhoria da qualidade de vida e do bem-estar. O Instituto Vedacit é responsável pelo Portal Futuro das Cidades, criado para informar e estimular uma discussão diversa e construtiva sobre o amplo universo contemplado pelo conceito Cidade. http://www.futurodascidades.com.br.

VOTORANTIM CIMENTOS. Fundada em 1933, a Votorantim Cimentos é, hoje, uma das maiores empresas globais do setor. O portfólio de materiais de construção vai além dos cimentos e inclui concretos, argamassas e agregados. A companhia também atua nas áreas de insumos agrícolas, gestão de resíduos e coprocessamento. São quase 12 mil empregados e uma receita líquida de R$ 13 bilhões em 2019. As unidades da Votorantim Cimentos estão estrategicamente próximas aos mais importantes mercados consumidores em crescimento e presentes em dez países, além do Brasil: Argentina, Bolívia, Canadá, Espanha, Estados Unidos, Luxemburgo, Marrocos, Tunísia, Turquia e Uruguai. Se no passado a Votorantim Cimentos tinha orgulho de ter contribuído para o desenvolvimento e a industrialização do país, hoje a empresa constrói o futuro com parcerias, diversidade, inovação e sustentabilidade, sempre focada em seu propósito: a vida é feita para durar. Mais informações em http://www.votorantimcimentos.com.br

TIGRE. Com uma história de quase 80 anos, o Grupo Tigre é o maior fabricante de materiais plásticos para construção e líder no Brasil em tubos e conexões de PVC. Sinônimo de pioneirismo e inovação, a Tigre oferece produtos que atendem os mercados predial, de infraestrutura, de irrigação e industrial. Presente em cerca de 40 países, possui aproximadamente 5,5 mil funcionários e 10 plantas no Brasil e 12 no exterior: Argentina (2), Bolívia (2), Chile (2), Colômbia, Equador, Peru, Estados Unidos, Paraguai e Uruguai. Além de tubos e conexões, também fazem parte do portfólio as marcas Tigre Metais, Tigre Ferramentas para Pintura, Fabrimar (Metais sanitários) e Tigre-ADS (tubulações de PEAD para saneamento e drenagem).

CAU-BR. Autarquia federal que possui a função de “orientar, disciplinar e fiscalizar o exercício da profissão de arquitetura e urbanismo”. Também é obrigação do Conselho “zelar pela fiel observância dos princípios de ética e disciplina da classe em todo o território nacional, bem como pugnar pelo aperfeiçoamento do exercício da arquitetura e urbanismo” (§ 1º do art. 24 da Lei nº 12.378/2010).

CAIXA. Empresa 100% pública e que exerce um papel fundamental no desenvolvimento urbano e da justiça social do país, uma vez que prioriza setores como habitação, saneamento básico, infraestrutura e prestação de serviços, contribuindo significativamente para melhorar a vida das pessoas, principalmente as de baixa renda. Além disso, apoia inúmeras atividades artístico-culturais, educacionais e desportivas, garantindo um lugar de destaque no dia a dia das pessoas, pois acredita que pode fazer o melhor pelo país e por cada um de seus habitantes. Para seus correntistas, a Caixa busca sempre oferecer os melhores serviços e as melhores opções de crédito, ajudando-os a concretizar seus sonhos, acumulando conquistas e sucessos em parceria com o povo brasileiro. Só um banco com a tradição e o conhecimento da Caixa para ser a poupança dos brasileiros há mais de 150 anos, e com muitos ainda por vir.

VIVENDA. Negócio de impacto social focado em realizar o sonho da casa linda na periferia de São Paulo. Para isso, oferece soluções como o Crédito Casa Linda (concessão de microcrédito e reformas para moradores e empreendedores da periferia); loja Vivenda (focada em materiais de construção; produtos de baixo custo e soluções de reforma na comunidade); e GeneroCidadeSP (doação de reformas para famílias em situação de risco). https://programavivenda.com.br/

HABITAT PARA A HUMANIDADE BRASIL. Organização global não governamental, sem fins lucrativos, que tem como causa a promoção da moradia digna como um direito humano fundamental. No Brasil há 28 anos, a Habitat Brasil já desenvolveu projetos em 11 Estados e transformou a vida de mais de 83 mil pessoas. https://habitatbrasil.org.br/


MAIS INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA
Assessoria de imprensa da Artemisia | artemisia@imprensa.org.br
Betânia Lins betania.lins@gmail.com
Celular: (11) 9 7338-3879

Editorias: Economia  Imóveis  Negócios  Sociedade  Terceiro Setor  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Betânia Lins  
Contato: Betânia Lins  
Telefone: 11-9 7338387-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype: betanialins2
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.