E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Óleo vencido em restaurantes pode ser reciclado corretamente
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site
Óleo vencido em restaurantes pode ser reciclado corretamente
...

A pandemia pegou em cheio restaurantes e bares e o impacto foi tão forte que o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) divulgou, junto com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), um levantamento em maio apontando que 6,7% dos donos de bares e restaurantes encerraram seus negócios permanentemente por causa da crise.

Os estabelecimentos que permaneceram abertos tiveram que se adaptar -  com delivery,  redução do tempo de abertura no horário comercial e diminuição da capacidade de seus salões. Com menos gente saindo para comer fora, o estoque dos restaurantes passou a ser um ponto de atenção, incluindo o óleo vegetal:

“As cozinhas profissionais têm o hábito de estocar seus mantimentos, como o óleo vegetal. Como qualquer outro ingrediente, o óleo tem uma data de validade. Com menos pratos sendo preparados, menos óleo é utilizado e muita coisa acabou passando do prazo de validade e não é mais seguro para frituras” explica Vitor Dalcin,  Diretor Executivo da Ambiental Santos.

O que fazer com o óleo vegetal vencido?
Se o óleo vegetal já é um grande problema na hora do descarte, quando o produto está vencido, este problema é maior ainda. O óleo, nestas condições, traz mais riscos de contaminação ao meio ambiente e até mesmo para a saúde das pessoas. A boa notícia é que, mesmo vencido, o óleo vegetal ainda pode ser reciclado desde que o processo seja realizado por uma empresa que cumpra tudo o que prevê a legislação vigente nos níveis nacional, estadual e municipal:

“O problema de descartar esse óleo vencido uma empresa sem as licenças é que este mesmo material pode ser filtrado e vendido para outros restaurantes por um preço mais barato. Essas empresas ilegais estão circulando em veículos despreparados pelos bairros e fazer o descarte do óleo nestas condições é uma irresponsabilidade para qualquer ângulo que se analise”

Se o óleo venceu, o estabelecimento precisa entrar em contato com uma empresa responsável para fazer o descarte correto, sob o risco do restaurante ser multado caso faça o descarte de outra forma ou com alguma empresa não autorizada: “O melhor é entrar em contato, via internet ou telefone, com quem tem capacidade técnica para destinar o óleo sem problema algum e agendar uma data para a coleta”  finaliza Vitor.




Editorias: Economia  Gastronomia  Negócios  Saúde  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Aroldo Antonio Glomb Junior  
Contato: Aroldo Glomb  
Telefone: 41-30147662-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.