E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Wi-Fi da Ruckus Networks conecta provedores de saúde aos pacientes em hospitais e clínicas
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site

Conectividade em estabelecimentos de saúde proporciona melhores experiências para pacientes e visitantes

São Paulo - 21 de Novembro de 2018 - A Ruckus Networks, uma empresa do grupo ARRIS, fornece soluções de redes cabeadas e sem fio para que as organizações de saúde melhorem a cobertura de suas redes e o suporte a aplicações internas na área médica, bem como aos dispositivos Wi-Fi trazidos por amigos e familiares dos pacientes nas salas de espera.

As redes Wi-Fi estão gerando novos benefícios para pacientes que desejam uma conectividade Wi-Fi transparente. Estas aplicações incluem bombas de infusão, dispositivos de monitoramento de oxigênio e camas inteligentes, além de aplicativos de informações críticas como prontuários médicos eletrônicos e de acesso em tempo real a exames de raio-x e ressonância magnética.

Os provedores de saúde podem utilizar os equipamentos e tecnologias de Wi-Fi da Ruckus para garantir uma conexão estável e rápida aos seus pacientes e funcionários em hospitais e clínicas:

• O access point indoor Ruckus R710 oferece alta confiabilidade para ambientes exigentes e de alta densidade. Com os quatro streams da conectividade MU-MIMO, ele pode transmitir simultaneamente para múltiplos clientes Wave 2 nos canais disponíveis mais amplos, o que melhora a eficiência de RF.

• O access point indoor Ruckus R510 fornece a combinação ideal de desempenho, confiabilidade e cobertura para ambientes de média densidade. Ele fornece altas taxas de dados, de até 1200 Mbps, com inteligência Wi-Fi líder do setor para estender o alcance e atenuar a interferência.

• O access point indoor móvel sem fio Ruckus M510 foi projetado para utilizar as redes LTE como backhaul e se conectar via rede sem fio a qualquer rede corporativa, sem a necessidade de uma conexão Ethernet cabeada. É o equipamento apropriado para a área de emergência.

• A tecnologia de canal dinâmico ChannelFly™ usa aprendizado de máquina para encontrar automaticamente os canais menos congestionados.

• A tecnologia patenteada de antena adaptativa BeamFlex+™ da Ruckus amplia a cobertura enquanto atenua a interferência utilizando padrões de antenas multidirecionais.

• A família Ruckus ICX de switches com formato fixo simplifica a configuração e o gerenciamento da rede, aprimora a segurança, facilita a resolução de problemas e torna fácil a realização de atualizações. Múltiplos SSIDs e portas do switch ajudam a oferecer suporte a serviços como VoIP, IPTV, acesso à Internet de alta velocidade e conectividade de dispositivos nos quartos dos pacientes.

O Wi-Fi não é apenas mais uma forma de conectividade. É também uma fonte de valiosa inteligência empresarial que permite às organizações agruparem dados comportamentais e demográficos dos usuários, gerando possibilidades de novos fluxos de receita através de serviços para pacientes ou a venda de publicidade.
O uso das redes Wi-Fi para enviar e receber dados de dispositivos voltados para consumidores ou máquinas críticas locais permite que as organizações de saúde melhorem o compartilhamento de informações entre o homem e a máquina, simplificando os processos hospitalares e aliviando as cargas de trabalho das equipes, enquanto melhoram o atendimento aos pacientes.
As redes Wi-Fi convidadas para pacientes e visitantes significa mais produtividade durante os longos períodos de espera e a possibilidade de pacientes internados se manterem facilmente conectados a amigos e familiares.
As redes Wi-Fi se tornaram uma ferramenta poderosa, que ajuda a melhorar a eficiência da comunicação com os pacientes. Os provedores de saúde podem utilizar o portal de suas redes Wi-Fi para interagir com todos os presentes na instituição em tempo real. Por exemplo, eles podem compartilhar informações de saúde com pacientes, mantê-los atualizados sobre consultas e cuidados preventivos, incluindo lembretes sobre os próximos checkups, promoções sobre iniciativas médicas e novos serviços clínicos.
As organizações de saúde que investem na Internet das Coisas precisam compreender como os dispositivos adicionados impactam a rede. Dispositivos de Internet das Coisas (IoT) na área de saúde estão se tornando mais comuns na indústria, conforme muitas organizações enxergam valor do monitoramento de ativos e da saúde dos pacientes de forma digital.

Os provedores usam as tecnologias de IoT para manter o controle de ferramentas e suprimentos médicos, bem como monitorar equipamentos para que os funcionários saibam quando a manutenção é necessária.

Os pacientes gostam muito da capacidade de se comunicarem facilmente com os entes queridos, de utilizarem serviços de entretenimento como TVs, filmes e audiobooks, acessarem suas redes sociais, aplicativos e informações gerais online. Os provedores de saúde precisam ir além de uma conexão de Internet para atender as expectativas dos pacientes e oferecer uma solução transparente que preencha as lacunas entre o hospital e suas casas.

Junto com o rastreamento de métricas de tempo, os provedores de saúde também podem usar as redes Wi-Fi para o mapeamento da localização dos pacientes. Eles podem aprender onde os pacientes se perdem dentro do hospital ou do consultório médico, descobrir maneiras de melhorar a sinalização e de tornar o fluxo de pessoas melhor. Uma rede Wi-Fi inovadora e moderna é a chave para garantir que os pacientes tenham a melhor experiência hospitalar.

Editorias: Ciência e Tecnologia  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: IMS BRASIL  
Contato: Marcia Cerqueira  
Telefone: 11-31923806-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.