E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   
Painel de notícias



Pesquisa




Educadores dão dicas sobre como escolher a escola do seu filho
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site

A escolha de uma nova escola, ou da primeira escola, não é uma tarefa fácil para os pais, pois envolve uma decisão que vai influenciar o futuro e o crescimento dos filhos, o que gera inúmeras dúvidas e inseguranças. E para auxiliar aos pais neste momento tão importante, as instituições educacionais procuram dar todo o suporte para que eles tomem a melhor decisão.

Atualmente os colégios desenvolvem projetos e atividades diferenciadas para apresentar não apenas a infra-estrutura, mas tudo aquilo que compõe o ambiente de ensino. No Colégio Mary Ward, localizado no bairro do Tatuapé, por exemplo, os pais interessados em mudar seus filhos de instituição ou que estão à procura da primeira escola são recepcionados por um profissional capacitado e preparado para atendê-los e responder dúvidas sobre a proposta pedagógica de todos os níveis de ensino.

Para isso, o colégio oferece um sistema de pré-agendamento de visitas, que pode ser feito por e-mail ou telefone diretamente com o profissional que os acompanhará e apresentará toda a escola. As apresentações, que levam, em média, 2 horas, são feitas em grupos e não devem exceder o limite de 10 pessoas. “É importante que os colégios tenham sempre à disposição dos pais uma pessoa preparada e integrada com todos os processos da instituição para recepcioná-los e apresentar a estrutura física da escola e os diferenciais oferecidos. Eu aproveito a minha experiência dentro da sala de aula para transmitir aos pais segurança e todas as informações necessárias sobre a escola. Não basta mostrar uma infraestrutura de primeiro mundo e não saber ao menos detalhes sobre o material didático utilizado dentro do colégio. Os pais querem o máximo de informações possível”, explica Simone Collalto, coordenadora de comunicação do Mary Ward.

Já no Colégio Humboldt, os pais são recebidos em um setor específico denominado “Atendimento a Pais”, área que recebe os visitantes antes da matrícula e os acompanha, sempre que necessário, após a matrícula dos seus filhos. Em momentos previamente marcados, os pais assistem a palestras com os coordenadores e diretores, conhecem todas as áreas da instituição, que, em uma área de 60 mil metros quadrados oferece teatro, piscinas, ginásio de esportes, laboratórios, salas de música e arte, biblioteca, salas de projeção multimídia, etc.

Para o diretor geral do Colégio Humboldt, Everton Augustin, além da linha pedagógica, dos fatores financeiros e de localização, o mais importante para a escolha da escola é que os valores da família estejam em sintonia com os da instituição pela qual optarão. “É importante conhecer os valores, a missão e a visão apresentados como diferenciais e a informação deve ser coerente com os princípios familiares. E é fundamental visitar a escola”, ressalta. Segundo Everton, a procura por uma escola deve iniciar o quanto antes, assim os pais terão possibilidade de opção e o processo todo permite uma tomada de decisão mais tranquila.

A Escola Internacional de Alphaville, instituição bilíngue brasileira de padrão internacional, também recebe alunos estrangeiros – filhos de pais que trabalham como executivos e que são transferidos para o Brasil em diversos meses do ano. Pelo fato, a escola tem procura por vagas durante todo o ano letivo e, nesse sentido, desenvolveu um processo de adaptação personalizado, que permite aos novos alunos o entrosamento com os colegas e a rápida equalização entre o seu conhecimento pedagógico com o conteúdo que está sendo transmitido durante as aulas.

Ricardo Chioccarello, gestor da Escola Internacional de Alphaville, os benefícios de uma educação bilíngue são inúmeros. “Quando a criança pensa, conversa, diverte-se e estuda em diferentes línguas, há o desenvolvimento de mais habilidades, já que esse aprendizado gera mais sinapses nas crianças bilíngues do que nas crianças monolíngues. Além disso, as crianças nascem com fonemas universais: ao se começar mais cedo, há mais facilidade com a prosódia (aspecto linguístico) da língua. Por fim, o contato com outro idioma torna a habilidade metalinguística mais apurada, e facilita saberes como a comparação e a análise”, conclui o gestor.
Nos colégios, a busca por vagas se dá durante o ano todo, mas a ênfase maior é sempre entre os meses de maio e junho e (para matrículas no 2º semestre), e a partir de agosto, para o ano letivo seguinte.

Editorias: Criança  Economia  Teen  
Tipo: Pauta  Data Publicação: 14/10/15
Fonte do release
Empresa: Communica Brasil  
Contato: Communica Brasil  
Telefone: 11-3868-0300-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Tags
•  EDUCAÇÃO  •  CULTURA  •  SAÚDE  •  TECNOLOGIA  •  INTERNET  •  TI  

Mais tags
O que são tags ?

Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.