E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Setembro verde: mês de alerta para o câncer de intestino
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site
Setembro verde: mês de alerta para o câncer de intestino
...

O mês de setembro é conhecido por várias causas e uma delas é o Setembro Verde, campanha dedicada ao combate e prevenção do câncer de intestino.
No Brasil, segundo dados do INCA, este tumor é o segundo mais frequente entre as mulheres e o terceiro entre os homens. Estima-se que mais de 34 mil novos casos de câncer de intestino surjam em 2020 (Segundo o INCA).
E, este tipo de tumor tem como principais fatores de risco a obesidade, sedentarismo, tabagismo, consumo de bebidas alcoólicas, consumo de carnes processadas (salsicha, presunto, linguiça, carne seca etc.).
Quer saber como se prevenir? Confira as dicas que o cirurgião digestivo do Hospital Santa Clara, Dr. Carlos Humberto da Silva Junior compartilhou com a gente!
Quais os principais sintomas da doença são:
Os principais sintomas do câncer de intestino, são:
• Sangue nas fezes;
• Mudanças recentes nos hábitos intestinais;
• Sensação de evacuação incompleta;
• Cansaço ou fadiga inexplicável;
• Dores abdominais;
• Perda inesperada e repentina de peso.
“Atenção, pois o câncer colorretal pode se desenvolver silenciosamente por um tempo, sem apresentar nenhum sintoma”, afirma o cirurgião digestivo do Hospital Santa Clara, Dr. Carlos Humberto da Silva Junior.
Ou seja, é recomendado ficar atento aos sintomas e fazer exames de check-up todo ano para prevenção.
Quem corre o maior risco de desenvolver o câncer de intestino?
Você deve estar se perguntando: se essa doença é silenciosa, como eu posso saber se tenho?
Existem alguns fatores que dão dicas, como:
• Pessoas com história familiar de pólipos, câncer colorretal ou ginecológico (mama, ovário e útero);
• Pessoas com uma dieta pobre em fibras, rica em gordura, com grandes quantidades de conservas ou aditivos químicos;
• Pessoas sedentárias, fumantes e obesos;
• Pessoas com síndromes genéticas.
Como é feito o diagnóstico?
De acordo com o Dr. Carlos Humberto, “entre os exames que podem apontar problemas no intestino estão a pesquisa de sangue oculto nas fezes e a colonoscopia. O primeiro, realizado por meio da coleta de fezes e pode detectar frações pequenas de sangue difíceis de se visualizar a olho nu. O teste, entretanto, não determina nem a causa do problema, nem o local do sangramento, porém como positivo pode ser suspeito para o câncer do intestino”, finaliza o doutor.
Desse modo é importante ficar de olho nos sintomas e cuidar bem da alimentação e hábitos que não fazem bem à saúde. Previna-se!

Editorias: Saúde  Terceira idade  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Kompleta Comunicação  
Contato: Kompleta Comunicação  
Telefone: 34-3086616-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.