E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Solução de TI para e-Social, do Grupo Invoiceware, traz as últimas atualizações, de acordo com layout liberado pelo governo
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site
Alexandre Auler, CEO do Grupo Invoiceware no Brasil
Alexandre Auler, CEO do Grupo Invoiceware no Brasil

A última versão 2.1, do e-Social não traz mudanças de impacto em relação ao layout anterior 2.0. A revolução, no entanto, fica por conta da reviravolta nos procedimentos adotados pelas áreas de Recursos Humanos, Financeira e Contábil. Na prática, o e-Social foi adiado várias vezes, pois os prazos previstos inicialmente para implantação eram curtos.

De acordo com a Resolução SE/MF nº 1/15 (DOU de 25/06/2015), a adesão ao e-Social para empresas com faturamento acima de R$ 78 milhões em 2014, vale a partir da competência setembro de 2016. E as demais deverão adotar o e-Social, obrigatoriamente a partir da competência janeiro de 2017.

O Grupo Invoiceware, líder em soluções para notas fiscais eletrônicas para a América Latina, lançou em 2014, um produto específico para o e-Social e que pode ser implementado através da integração com diversos sistemas de RH, inclusive o módulo de HR do SAP, em aproximadamente 60 dias. Chamada de “Trust Files e-Social” (ou TF e-Social), a solução do Grupo Invoiceware se destaca pela flexibilidade e facilidade de implantação, uma vez que não exige que seja recriada a infraestrutura interna dos sistemas das empresas para que haja a adaptação às exigências do e-Social.

“Em resumo, o TF e-Social prepara os sistemas do RH, consolida as informações e faz a gestão da informação com o Governo. Entre as empresas que estão implementando a nossa solução, está a CBMM - Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração”, comenta Alexandre Auler, CEO do Grupo Invoiceware.

O e-Social envolve companhias de todos os portes e é necessário que cada uma delas certifique-se da qualidade e atualização das informações enviadas ao Fisco. “Não existem leis novas, mas as empresas deverão estar atentas ao cumprimento das regras vigentes, como o cumprimento dos prazos, pois o e-social não permite eventos retroativos”, exemplifica Auler.

Assim, ao admitir um profissional, as empresas devem enviar pontualmente os dados da contratação, e não mais aguardar o fim do mês ou o fechamento da folha de pagamento. Ou seja, antes mesmo de o funcionário iniciar as suas atividades, essa informação deve estar devidamente registrada, transmitida e validada no arquivo xml (formato tecnológico com esses dados).

A última versão 2.1 do Manual do e-Social (http://www.esocial.gov.br/Leiautes.aspxque) traz esclarecimentos sobre as regras de preenchimento e de validação dos processos, está disponível para download no portal nacional do e-Social. As companhias que deixarem de cumprir os prazos, poderão ser penalizadas. O Comitê Gestor do e-Social será responsável por essa regulamentação.

Saiba mais sobre a solução em http://www.invoiceware.com.br

Editorias: Ciência e Tecnologia  Informática  Jurídica  Negócios  Recursos Humanos  
Tipo: Pauta  Data Publicação: 20/08/15
Fonte do release
Empresa: Vianews  
Contato: Rita Martins  
Telefone: 11-3865 9990-234

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Tags
•  EDUCAÇÃO  •  CULTURA  •  SAÚDE  •  TECNOLOGIA  •  INTERNET  •  TI  

Mais tags
O que são tags ?

Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.