E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




77 mil temporários foram efetivados nos meses de setembro e outubro, segundo ASSERTTEM
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site
Taxa média de efetivação de temporários nos meses de setembro e outubro foi de 22%
Taxa média de efetivação de temporários nos meses de setembro e outubro foi de 22%

O ano de 2020 tem sido desafiador devido à pandemia da Covid-19. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em setembro, o Brasil registrou mais de 13,5 milhões de desempregados. Neste contexto, os trabalhadores devem ficar atentos às vagas temporárias disponíveis, pois estas são excelentes oportunidades de garantir renda e de conquistar uma eventual efetivação.
Prova disso é que, de acordo com a Associação Brasileira do Trabalho Temporário (ASSERTTEM), nos meses de setembro e outubro registrou-se uma taxa média de efetivação de temporários de 22%. Além disso, 18% dos contratos temporários foram alongados na Indústria por mais 30 dias, passando de três para quatro meses.
\"Esse cenário otimista de efetivação, com um volume tão alto, não é detectado desde 2014\", afirma o presidente da associação, Marcos de Abreu. \"Nos meses de setembro e outubro foram geradas 351.600 vagas temporárias, o que representa mais de 77 mil trabalhadores efetivados\", completa.
Para ele, há um principal fator que tem impulsionado às efetivações: a facilidade. \"Muitas empresas estão com seus quadros de pessoal reduzidos e enxergam na modalidade temporária uma excelente alternativa para atender suas demandas. E, quando esse temporário presta um bom trabalho, a empresa vê uma facilidade em sua efetivação, já que este está alinhado com sua função e as diretrizes da empresa\", comenta.
Segundo Abreu, grande parte dessas efetivações é proveniente das contratações temporárias ocorridas no mês de agosto, que foram puxadas pela Indústria para atender a demanda complementar de trabalho em áreas como Alimentos, Farmacêutica, Embalagens, Metalúrgica, Mineração, Automobilística, Agronegócio e Óleo e Gás. Sendo que a maioria das funções efetivadas é proveniente de cargos operacionais, com remuneração de até R﹩ 2 mil.
\"O Trabalho Temporário vem cumprindo seu papel como uma importante solução para a sobrevivência das empresas e o combate ao desemprego, ao ser utilizado para substituição transitória e para demanda complementar de trabalho de forma rápida, eficaz e segura neste momento de incertezas, enquanto garante renda formal para milhares de famílias brasileiras\", frisa o presidente da ASSERTTEM.

Fique atento às oportunidades!
Abreu reforça que quem está fora do mercado de trabalho deve buscar as vagas temporárias disponíveis. \"Para o ano de 2020, a ASSERTTEM estima mais de 1,9 milhão de contratações temporárias, sendo mais de 220 mil para os meses de novembro e dezembro. As boas oportunidades estão aí e o trabalhador deve ir atrás delas\", enfatiza.
Para o presidente da ASSERTTEM, nesse ano de pandemia, o Trabalho Temporário deve ser visto como a melhor e mais eficiente porta de entrada para o mercado de trabalho e futura chance de alcançar uma efetivação.
\"A dica para conquistar uma eventual efetivação é o trabalhador temporário mostrar o que pode oferecer para a empresa em termos de competência e experiência profissional, já que as organizações buscam profissionais responsáveis e comprometidos com o negócio. Além de demonstrar disponibilidade e engajamento para o trabalho, com dedicação e com vontade de aprender. Desta forma, a chance desse trabalhador garantir uma vaga efetiva ao término de seu contrato temporário aumenta consideravelmente\", conclui Abreu.

Editorias: Economia  Industria  Negócios  Serviços  Recursos Humanos  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: Phábrica de Ideias  
Contato: Gabriela Virdes  
Telefone: 16-3911-3606-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.