E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   
Notícias de eventos culturais, lançamentos etc.



Pesquisa




ACI encaminha pleito ao ministro da Economia para correção da tabela do IR
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site

Novo Hamburgo/RS – Na sua chegada dos Estados Unidos, na quarta-feira (20), o ministro da Economia, Paulo Guedes, recebeu pleito encaminhado pela Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha, para que ocorra a correção pelo índice integral da inflação da tabela do Imposto de Renda.

Na carta assinada pelo presidente da ACI, Marcelo Lauxen Kehl, a entidade ressalta que entende como positivos os avanços propostos pelo ministro e sua equipe técnica, face os desafios que a economia brasileira vem apresentando nestes últimos anos. “Sem uma preocupação com o controle fiscal através de um enfrentamento objetivo dos gastos crescentes da máquina pública não haverá uma saída para a crise que hoje vivemos e a retomada de dias melhores para os negócios e, consequentemente, para o cidadão brasileiro. São inúmeras as práticas legais e orçamentárias a serem modificadas em prol da melhora dos negócios no atual cenário brasileiro, e nossa entidade apoiará a todas aquelas que entender saudáveis para o crescimento da economia com estímulo à formalização e à criação de postos de trabalho e novas empresas. E entre estas necessárias modificações, destacamos a perversa e constante prática da defasagem anual da tabela do Imposto de Renda no Brasil”, pontua a ACI.

Somadas, desde 1996, as correções da tabela abaixo da inflação atingem hoje a defasagem de 95,4% para fins de tributação. Na prática, segundo a entidade, isso significa que a faixa de isenção do IR atual, que vale para quem ganha até R$ 1.903,98, se corrigida, subiria para R$ 3.689,57. “A defasagem, por certo, prejudica as camadas de renda mais baixas, que deveriam estar na faixa de isenção, mas acabam tendo de pagar o Imposto de Renda por falta das próprias correções, incluindo assim contribuintes que estariam isentos na primeira faixa de tributação”, sintetiza a carta encaminhada.

“Em nome da segurança jurídica e da justiça fiscal e tributária, pleiteamos que que o Governo passe a adotar a correção pelo índice integral da inflação da tabela do Imposto de Renda a partir do ano de 2020, recompondo assim uma pequena parte da enorme distorção sofrida e evitando que este mecanismo injusto de cálculo prevaleça sobre a lógica e a justiça para com o contribuinte”, conclui o presidente da ACI.

De Zotti – Assessoria de Imprensa

Editorias: Economia  Industria  Mídia  Negócios  Serviços  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: De Zotti Comunicações  
Contato: Ana De Zotti  
Telefone: 51-35928973-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Tags
•  EDUCAÇÃO  •  CULTURA  •  SAÚDE  •  TECNOLOGIA  •  INTERNET  •  TI  

Mais tags
O que são tags ?

Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.