E-mail


Senha

Lembrar senha

   
Informe o e-mail usado para fazer o login


   



Pesquisa




Em abril, furto de veículos caiu 49% e roubo 45%, no Estado de São Paulo
Enviar release
Este release no seu Blog ou Site
Em abril, furto de veículos caiu 49% e roubo 45%, no Estado de São Paulo
...

O roubo e furto de veículos caíram 21,25% e 20,62%, respectivamente, no primeiro quadrimestre de 2020, comparados com o mesmo período de 2019, no Estado de São Paulo. O roubo de cargas também teve redução, mas em um menor volume (-12,84%), segundo o Boletim Econômico Tracker-FECAP, com base nos dados da Secretaria de Segurança Pública de SP, que acaba de ser divulgado.
O Boletim mostra ainda que no mês mais crítico da pandemia – abril – a queda foi ainda mais expressiva, redução de 45,53% no número de roubo de veículos, 32,79% nos roubos de cargas e 49,29% nas ocorrências de furto de veículos, na comparação com abril de 2019.
“Com o decreto de quarentena no Estado de SP, desde março de 2020, o movimento nas ruas reduziu substancialmente, o que levou também a uma menor oportunidade para o criminoso cometer roubos e furtos”, afirma o coordenador do Núcleo de Pesquisa da FECAP, Erivaldo Costa Vieira.
O coordenador do Centro de Operações do Grupo Tracker, Vitor Correa, complementa que, no caso da redução dos roubos de carga, a queda também é decorrente do constante investimento em tecnologia e segurança que as empresas realizam a fim de proteger seus carregamentos e transportes, com soluções em rastreamento e monitoramento. “Além disso, nossas equipes de caçadores que passam o dia nas ruas perceberam uma atuação mais efetiva da polícia”, diz.
Segundo o levantamento, nos quatro primeiros meses deste ano, foram registrados 12.304 boletins de roubo de veículos. Quase a metade das ocorrências foi de roubos de automóveis (49,61%), seguido de motocicleta (26,25%) e caminhonete (6,53%).
Os dados também revelaram que os roubos, no primeiro quadrimestre, ocorreram em suma maioria durante o período noturno (48,28%). O que indica uma mudança de comportamento da criminalidade, já que no mesmo período de 2019 eram realizados prioritariamente pela manhã (27,9%). Já os crimes realizados a noite representavam apenas 25,2%, aponta o Boletim.
As dez cidades recordistas de ocorrências de roubos foram São Paulo (42,66%), Campinas (5,33%), Guarulhos (4,18%), São Bernardo do Campo (2,92%), Santo André (2,79%), Diadema (2,74%), Mauá (1,97%), Osasco (1,64%), Itaquaquecetuba (1,55%) e Suzano (1,35%).
Na capital paulista, os bairros mais violentos foram: Sacomã (2,89%), São Mateus (2,70%), Iguatemi (2,44%), Ipiranga (2,44%), Itaquera (2,32%), Cidade Ademar (2,21%), Jardim Colina (2,09%), Sapopemba (1,99%), Jabaquara (1,95%) e Itaim Paulista (1,93%). A maioria dos bairros se encontra na Zona Leste e Zona Sul.
Já as ocorrências de furto somaram 23.775 boletins, nos quatro primeiros meses do ano. 69,86% eram automóveis, 20,63% motocicletas e 3,90% caminhonetes.
O período preferido dos criminosos para praticar furtos foi o matutino (27,81%), seguido de noturno (26,79%) e vespertino (24,96%).
São Paulo também lidera o ranking das 10 cidades com mais furtos, com mais 39,45% do total. Santo André ocupa a segunda posição (4,63%), seguido de Campinas (3,58%).
O bairro do Ipiranga, apesar de apresentar redução de 26,5% no número de ocorrências nos primeiros quatro meses de 2020, comparado com o primeiro quadrimestre de 2019, lidera a lista por bairros da capital paulista com mais furtos. “Outros bairros tiveram uma redução mais expressiva no número de ocorrências”, afirma Erivaldo Costa Vieira.
Os logradouros com maior incidência de furto são:
“Nós continuamos atentos ao comportamento do crime, adaptando e atualizando nossas estratégias, para que, com o apoio das autoridades, possamos impedir o avanço e o sucesso dos criminosos”, finaliza o coordenador do Centro de Operações do Grupo Tracker, Vitor Correa.

Sobre o Grupo Tracker
Atualmente, é a maior empresa de rastreamento do Brasil e possui a maior rede privada de antenas de radiofrequência da América Latina. Em 19 anos de atividade no país, já realizou mais de 52 mil recuperações, evitando um prejuízo de cerca de R$ 4,7 bilhões.
Oferece produtos para os mercados Segurador, Transporte e Logística, Construção Civil e Agrícola, além de veículos de passeio. A tecnologia utilizada nos rastreadores do Grupo Tracker é a RF, considerada a melhor solução para roubo e furto e é imune à ação de inibidores de sinais - jammers. Também comercializa produtos baseados no GPS/GPRS e LBS, indicados para monitoramento e gestão de frotas.
A empresa é a fornecedora oficial de rastreadores para a BMW e para a Triumph e tem parceria com a Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP), com quem divulga regularmente o Boletim Econômico Tracker-FECAP, com análises dos prejuízos que o roubo e furto de veículos trazem ao país.

Sobre a FECAP
A Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP) é referência nacional em educação na área de negócios desde 1902. A Instituição proporciona formação de alta qualidade em todos os seus cursos: Ensino Médio (técnico, pleno e bilíngue), Graduação, Pós-graduação, MBA, Mestrado, Extensão e cursos corporativos.
O Instituto de Finanças da FECAP é responsável por gerar dados e resultados a partir de análises econômicas. O núcleo é composto pelo DEPEC (Departamento de Pesquisas em Economia do Crime); NECON (Núcleo de Estudos de Conjuntura Econômica da FECAP); IFECAP (Índice de Expectativa nos Negócios) e NAF (Núcleo de Apoio Fiscal e Contábil da FECAP).
Dentre os diversos indicadores de desempenho, a FECAP comprova a qualidade superior de seus cursos com os resultados do ENADE (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes) e do IGC (Índice Geral de Cursos), no qual conquistou o primeiro lugar entre os Centros Universitários de São Paulo. Em âmbito nacional, considerando todos os tipos de Instituição de Ensino Superior do País, está entre as 5,7% IES cadastradas no MEC com nota máxima.

Editorias: Automóveis e Automotores  Seguro e Previdência  Sociedade  
Tipo: Pauta  Data Publicação:
Fonte do release
Empresa: DOC Press  
Contato: Anadi Luchetti  
Telefone: 11-55338781-

Envie um e-mail para o(a) responsável pela notícia acima:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Digite o código mostrado abaixo

  
Skype:
MSN:
Twitter:
Facebook:
Eventos
Copyright 2008 - DIFUNDIR - Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução deste conteúdo sem prévia autorização.